Você sabe quais cuidados com o sol após a cirurgia plástica

Olá meninas! Espero que esteja tudo bem com vocês. Hoje quero falar aqui sobre um tema que causa muita preocupação e traz muitas dúvidas para todos que querem fazer uma cirurgia plástica: os cuidados com o  sol após a cirurgia plástica.

Você já deve saber que não se deve tomar sol após qualquer procedimento cirúrgico. Mas você sabe o motivo?

Primeiramente, é importante lembrar que a relação entre sol e cicatriz recente é um dos principais fatores que podem comprometer a sua cicatrização após uma cirurgia plástica.

Independente de ser uma cicatriz após abdominoplastia, de prótese de silicone ou a cicatriz no rosto após cirurgia plástica, a máxima vale para qualquer procedimento cirúrgico: tomar sol na cicatriz pode deixá-la escura e de uma forma irreversível.

Por que é necessário se proteger do sol após a cirurgia plástica?

Inicialmente é preciso compreender como funciona o processo de cicatrização. Trata-se de uma reparação natural de tecidos orgânicos lesados. Quem toma muito sol após a cirurgia plástica também sentirá maior inchaço e latejamento, devido à ação da vasodilatação, podendo trazer complicações.

Tanto a cicatriz quanto a cicatrização dependem de diferentes fatores, como a localização da lesão, a profundidade, o tipo de trauma, a idade do paciente e o momento hormonal. Por exemplo, na puberdade e na gravidez a cicatrização é mais complicada.

Outro aspecto importante é que nem sempre a cicatrização ocorre como esperado e podem surgir as cicatrizes hipertróficas e as queloides, como já falei por aqui em outro post (saiba mais!).

Justamente por isso, é de extrema importância que durante o pós-operatório você não se exponha ao sol diretamente por 90 dias após a cirurgia. Isto porque as cicatrizes podem escurecer e as equimoses – aquelas manchas roxas da lipoaspiração ou da própria cirurgia – ficarão com aspecto de tatuagem com a ação do sol.

Isto acontece porque o ferro presente no sangue concentra-se na equimose e com a ação do sol acaba marcando a pele, realmente fixando-se como uma tatuagem.

Quando posso tomar sol após a cirurgia plástica?

O tempo para evitar a exposição ao  sol após a cirurgia plástica varia, mas os primeiros 90 dias são cruciais. Isso porque a cicatriz ainda vai estar muito recente. Mesmo que a pele da pessoa seja mais resistente ao sol, o período para evitar o sol deve ser seguido à risca.

No entanto, o período de segurança é, em média, seis meses longe do sol. Nesse período após a cirurgia plástica, a pele produz melanina com mais intensidade e você precisa manter um cuidado redobrado. Vale lembrar que cada procedimento tem o seu tempo de recuperação, e este assunto deve ser discutido com o seu médico na consulta pré-operatória.

O ideal é que você evite completamente a exposição solar por, no mínimo, 30 dias. Logo nas primeiras semanas após a cirurgia plástica, enquanto ao redor da incisão cirúrgica estiver inchado e com hematomas, você não deve se expor ao sol nem com protetor ou coberto com roupa de proteção UV.

Após desinchar, o ideal é não tomar sol direto na cicatriz até ela amadurecer, que acontece quando ela passa de vermelha para branca. Isso varia de acordo com o organismo de cada pessoa e pode levar de 1 até 2 anos. Nesta situação, caso precise se expor, cubra a cicatriz com protetor solar e a roupa por cima.

Quais cuidados devo tomar com o sol para não prejudicar a cicatriz?

No caso de cortes cirúrgicos, assim que o cirurgião retira os pontos, já é preciso dar atenção à cicatriz. Existem tratamentos clínicos e cirúrgicos que apresentam bons resultados estéticos e no controle dos sintomas do processo de cicatrização. O tratamento deve ser indicado pelo profissional de saúde com base na aparência da cicatriz e na fase evolutiva em que ela se encontra.

Existem 4 pontos fundamentais para uma boa cicatrização:

● Hidrate a pele: o processo de cicatrização pode causar coceira na região afetada. Hidratar a pele com creme ou loção hidratante ajuda a aliviar esse desconforto e otimizar o próprio processo cicatricial.

● Não coce: essa sensação de desconforto, coceira e fisgado é natural e diminuirá com o tempo. É importante não coçar para não agredir a cicatriz com arranhaduras.

● Não tome sol: não exponha a cicatriz ao sol enquanto a cicatriz não tenha adquirido a tonalidade normal da pele. Após esse período, use filtro solar sempre (sempre mesmo, ok?!) que for expor a área da cicatriz ao sol.

● Siga as orientações médicas: seguir todas as orientações médicas, como tomar corretamente a medicação e repousar no período indicado, é essencial para evitar complicações pós-cirúrgicas.

 

É muito importante que esclareça todas as suas dúvidas com seu médico sobre o pós-operatório. Com tudo bem definido, siga à risca as orientações para que o resultado esteja dentro do esperado e você fique ainda mais linda!

Se tiver alguma dúvida, não hesite em me chamar.

Não deixe de acompanhar o blog e as redes sociais, estamos sempre com temas novos!