Mastopexia

Sabe aquela sensação de se olhar no espelho e ficar triste com o próprio reflexo? Pois é, milhares de mulheres passam por isso todos os dias.

Algumas até tentam buscar soluções para disfarçar o problema do seio caído. Outras já estão tão cansadas de conviver com essa situação, que até sabem o que realmente funciona.

Sem dúvidas, a cirurgia plástica de Mastopexia é o método mais eficiente para devolver a firmeza das mamas.

A mastopexia é o procedimento cirúrgico que visa levantar as mamas, corrigindo o contorno e a forma das mesmas, deixando-as firmes e em posição adequada. Pode-se, ainda, dependendo da avaliação médica acerca da técnica a ser adotada, colocar próteses de silicone.

O seu tempo de duração varia de três a quatro horas, conforme a técnica utilizada. A anestesia, em boa parte dos casos, é geral; entretanto, pode ser feita sob anestesia local com sedação, peridural ou bloqueio intercostal, ficando a critério do médico anestesista. A internação é, normalmente, de um dia. O local da cicatriz varia conforme a técnica utilizada e o tamanho dos seios.

Nosso Diferencial

• Todas as nossas cirurgias são realizadas por uma equipe completa – composta pela Cirurgião principal, Cirurgião auxiliar, anestesista e instrumentador. Todos com excelente formação, anos de experiências, e membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
• Além de equipe composta por profissionais qualificados, só realizamos nossas cirurgias em ambiente hospitalar com CTI e centro cirúrgico com equipamentos modernos para melhor atendimento, segurança e conforto do paciente.
• Sempre solicitamos avaliação completa pré-operatória, com exames de sangue, exames de imagem e risco cirúrgico (parecer clínico e/ou cardiológico)
• Já realizamos mais de 600 cirurgias nos últimos 3 anos.

Perguntas Frequentes

Conheça as dúvidas mais comuns sobre este procedimento.

Existem dois tipos de cirurgia para levantar os seios: Mastopexia com Prótese e Mastopexia sem Prótese.
A Mastopexia clássica é feita apenas para remover a flacidez dos seios. Ou seja, não utiliza a prótese de silicone para aumentar o volume. Porém, as mulheres com mamas pequenas, mas flácidas, preferem fazer uma Mastopexia com Prótese. Assim, além de resolver o problema das mamas caídas, também aumenta o tamanho dos seios e preenche o colo.

Não. A Mastopexia com Silicone é indicada para as mulheres que têm flacidez e pouco volume na mama. Isso geralmente acontece devido à perda de peso ou após a amamentação. Então, o médico sugere a colocação da prótese para complementar o volume dos seios.

CCertas pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertrófica ou ao quelóide. Entretanto, é uma situação que pode ser prevista na consulta inicial. Pessoas de pele clara têm menor probabilidade de sofrer desta complicação.
Se o médico identificar que você tem tendência a criar esse tipo de cicatrização, então ele vai agir de forma preventiva. Por exemplo, a fita de silicone para cicatriz mamoplastia

São retirados em torno do 7º ao 15º dia, sem grandes incômodos.

Anestesia geral ou peridural. Raramente a Mastopexia poderá ser feita com anestesia local e sedação. Essa escolha é feita pelo médico Anestesiologista, por isso não se esqueça de passar em consulta com ele.

O local da cicatriz depende muito da quantidade de pele que será retirada. Então, o cirurgião plástico pode optar pela cicatriz Mastopexia T Invertida, vertical ou periareolar (ao redor da aréola).
A Mastopexia Periareolar é a que deixa a cicatriz mais disfarçada. Entretanto, essa opção é indicada somente para quem tem pouca quantidade de pele a ser retirada.

Tanto para as pacientes que fizeram a Mastopexia com Prótese quanto a sem silicone, devem esperar um período de 60 dias para fazer exercícios de membros superiores. A mesma coisa vale para atividades de alto impacto, como corridas e jumping. Em contrapartida, práticas mais leves e que utilizam os membros inferiores poderão ser realizadas após 15 dias, como caminhadas.

Sim. É a principal orientação para o pós-operatório, pois o sutiã dá mais sustentação à mama, evitando que ela se movimente.
O uso do sutiã pós-cirúrgico Mamoplastia é obrigatório no 1º mês, 24 horas por dia. Ou seja, a paciente deve tirá-lo apenas para o banho.
O médico te orienta em relação ao tipo e o tamanho ideal do sutiã. Lembre-se: o uso dos modelos com aro de ferro no bojo deve ser liberados pelo cirurgião plástico.

Dra. Ana Borba Leite

Graduada em medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pelo Hospital Federal de Ipanema (HFI). Também sou membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP.

Atualmente, atendo em meu consultório localizado no centro do Rio de Janeiro.

Realizo constantes cursos de atualização e participo de importantes congressos na área médica no Brasil e em outros países.

Conheça a estrutura da Clínica